Multidão

em terça-feira, 26 de junho de 2018

Estou sentada no meio da multidão pensando em você;
No que sinto,
Nos seus olhos que me atraem
Na sua boca que me afasta 
Perto de você
Fico sem graça, sem jeito,
Um animal acuado
Com medo dos próprios sentimentos.
Ouvi meus amigos falando de você.
Sou livre
Mas a voz que vem do meu coração
Se prende a cicatrizes
Por medo de sofrer
Quando te vejo
Vem à vontade de dizer o que sinto,
Do desejo de ter você
Seu sorriso doce me inibe
E fico assim
No medo de Te amar
Sozinho no meio da Multidão.
Lilith

Nenhum comentário , comente também!

Postar um comentário