Orgia

em quinta-feira, 28 de junho de 2018

Imagem: giphy.com
Muitas noites quentes... Onde, somente pensamentos pecaminosos me faziam queimar por inteira.
Senti seu corpo junto, muito além dos meus desejos, onde sexo, não era só amor, mas sim uma completa orgia entre Deus e o Diabo.
Em um lugar onde minha alma imortal repleta de prazer, esquartejava qualquer resquício de vergonha ou moralidade, tomada apenas pelo ser que me possuía.
Vestida de nada, me sentindo dominada pelo fogo que ardia como o inferno, meus sentimentos eram quase celestiais, ainda assim, queria sentir tudo aquilo que havia imaginado entre lençóis com minhas mãos.
Era o que me fazia estar ali. Os sonhos que sonhei acordada, que me fizeram buscar a noite mais irracional que já tivera...
Mas, nem o vermelho dos véus que me cobriam, exalavam o aroma da pimenta aquecida, do vinho e a sensação de amortecimento, enfim, me fez pensar que qualquer anjo era mais ardente que este abraço carente e palavras doces que vem de você.
Onde o desejo ficou apenas em meus sonhos, nas suas palavras e promessas falsas que eram menores do que senti, menores que você.
Na pior noite de amor que já tive. Onde a união do céu e do inferno foi subestimada pelo impulso de mulher, e arrasada pela insegurança de um menino.
Lilith

Nenhum comentário , comente também!

Postar um comentário