Emoções

em sábado, 18 de agosto de 2018

Quando vejo você,
Não sei o que faço
Com as mãos.
Não sei como faço
para andar,
Não sei o que eu faço
Com o coração,
Que dá saltos no peito,
Como um potro selvagem.
Então, como não sei
Como fazer, nem como agir,
Como emoção
Eu deixo fluir.

Autor Desconhecido

Nenhum comentário , comente também!

Postar um comentário